segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Emboladão 2009

Após mais uma rodada, o Campeonato Brasileiro está mais aberto do que nunca. Com a recente sequência de maus resultados do Palmeiras e vitórias dos times que vêm em seqüência, a diferença de pontos entre o líder alviverde e o quinto colocado, Flamengo, é de apenas 3 pontos.


O Palmeiras havia perdido para o Santo André por 2 a 0 na única partida do meio da semana e já sinalizava esse provável bolo de times na briga pelo título. No sábado, o Atlético-MG fez a sua parte, venceu o Vitória em casa por 1 a 0 e somou três pontos, ficando agora com 53 a apenas um ponto do topo da tabela.


No domingo, o Internacional desenhou a sua vitória sobre o arquirrival Grêmio logo aos 3 minutos de jogo com o gol de D’Alessandro, que contou com a falha do bom goleiro Victor. Com a vitória, o colorado assumiu a segunda posição com 52 pontos – um atrás do Galo. Em outro clássico, em Santos, o time alvinegro não conseguiu segurar o São Paulo e perdeu em casa numa partida cheia de gols: 4 a 3 para o tricolor paulista. Desse modo, o time do Morumbi fecha o G4 com a mesma quantidade de pontos do Inter e a apenas dois do Palmeiras.


Nos jogos que fecharam a rodada no domingo às 18:30h, o Flamengo enfrentou o Botafogo em mais um clássico e venceu por 1 a 0, com gol do Imperador Adriano. Com mais uma vitória na seqüência de dez jogos sem derrota, sendo apenas três empates, o rubronegro carioca manteve-se colado no G4 com apenas um ponto a menos que o São Paulo e a apenas três do líder. Completando os jogos dos clubes que nesse momento brigam pelo título, o Cruzeiro venceu o Corinthians no Pacaembu e assumiu a sexta colocação com 48 pontos. Mesmo não estando colado nos cinco primeiros, a raposa conta com a melhor campanha do segundo turno, o que lhe confere credibilidade na batalha pelo Brasileirão 2009.


As recuperações de São Paulo e Internacional, acompanhando a do Atlético-MG que já havia acontecido algumas rodadas antes, colocaram mais lenha na fogueira do Palmeiras, que não terá mais como se sustentar na primeira colocação jogando como está. Além dos clubes do G4, Flamengo e Cruzeiro vêm em recuperação empolgante no campeonato, o que lhes dá uma estímulo extra para os jogos das últimas rodadas. Com todo esse cenário caótico, no sentido positivo da expressão, a reta final do Brasileirão nunca foi tão emocionante na era dos pontos corridos. Diferentemente das ligas européias, onde em geral dois ou, no máximo, três clubes brigam pelos títulos em suas últimas partidas, temos no campeonato nacional seis equipes com condições de buscar o troféu. Emocionante.

3 comentários:

Marcelo disse...

Carlos, que ganhe o Mengo.. não guento mais.. o São Paulo..rssssss

PedroSPFC disse...

Já era, o campeão acordou e vai ser HEPTA.Tb já estou enjoado de SPFC no pódio, mas torço muito pro Hepta, pois o meu time é o melhor!

Acessem meu blog:

Cadê Meu Camisa 10? disse...

É lógico que quero ver o meu tricolor campeão, mas acho que esse ano o título fica com o Galo.. Minha aposta desde o início do campeonato..

Abs,
Cadê Meu Camisa 10?